O que aprendem as crianças com os brinquedos?

Informações divertidas e educativas!

This image has an empty alt attribute; its file name is full-shot-kid-playing-floor-1-1-1024x681.jpg

Não é segredo nenhum que as crianças aprendem a brincar. O que pode ser um mistério para alguns pais, é o como exatamente é que os seus filhos aprendem com os brinquedos que escolhem para brincar. Neste blog, iremos ver os benefícios educacionais de alguns tipos de brinquedos infantis. Iremos explorar também como é que os diferentes tipos de brinquedos podem ajudar as crianças a desenvolver habilidades importantes. Por isso continue a ler para saber mais sobre o que aprendem os seus filhos quando estão a brincar!

Interação

Uma das coisas mais importantes que as crianças aprendem a brincar com os seus brinquedos é como interagir com outras pessoas e com o mundo à sua volta. Os brinquedos podem proporcionar às crianças oportunidades de praticar habilidades sociais importantes, como a partilha, comunicação e cooperação. Também podem ajudar as crianças a desenvolver uma melhor compreensão das suas emoções e das emoções dos outros.

Causa e Efeito

Outro conceito importante que as crianças aprendem durante a brincadeira com brinquedos é causa e efeito. Enquanto brincam, as crianças aprendem a entender como as suas ações podem afetar o mundo à sua volta. Esta é uma habilidade importante que os irá ajudar em todas as áreas da sua vida, desde acadêmicas até relacionamentos.

Imaginação e Criatividade

Os brinquedos também oferecem uma ótima oportunidade para as crianças exercitarem a sua imaginação e serem criativas. Quando as crianças têm a oportunidade de usar a sua imaginação enquanto brincam, muitas vezes acabam por apresentar ideias e soluções que nunca pensaram antes. Isto pode levar a todo o tipo de coisas maravilhosas, como criar mais confiança, melhorar a habilidade de resolver problemas e encorajar a criatividade.

Uma cozinha de brincar, por exemplo, é uma ótima maneira de incentivar as crianças a usar a imaginação. Ao fingir que cozinham refeições ou que cuidam de bebês, as crianças conseguem explorar diferentes papéis e imaginar o que significa ser adulto. Bonecas, figuras de ação e outros brinquedos também podem inspirar as crianças a criar as suas próprias histórias e aventuras.

Resolução de problemas

Além de promover a criatividade, brincar com brinquedos também pode ajudar as crianças a desenvolver habilidades importantes que lhes iram ajudar na resolução de problemas. Enquanto brincam, as crianças são constantemente confrontadas com desafios e obstáculos. Para superar estes desafios, precisam de usar as suas habilidades de pensamento crítico para chegarem a soluções. Este processo de tentativa e erro ajuda-os a aprender a pensar de forma criativa e a resolver problemas de maneira eficaz.

Pensamento Crítico

Como vimos, brincar com brinquedos pode ajudar as crianças a desenvolver uma variedade de habilidades importantes inclusiver o pensamento crítico. Mas o que é exatamente o pensamento crítico? O pensamento crítico é a capacidade de analisar informações e tomar decisões com base nessas informações. É uma habilidade essencial para o sucesso em todas as áreas da vida, desda escola até à carreira. E brincar é uma das melhores maneiras de ajudar as crianças a desenvolver esta importante habilidade.

Desenvolvimento Físico

Finalmente, brincar com brinquedos pode também ajudar as crianças a desenvolverem-se fisicamente. Brinquedos que exigem movimento ou atividade física podem ajudar as crianças a melhorar as suas habilidades motoras grossas (grandes movimentos musculares) e habilidades motoras finas (pequenos movimentos musculares). Estes tipos de brinquedos também podem ajudar a melhorar a coordenação, o equilíbrio e a destreza.

Exemplos de brinquedos educativos

Então, quais são alguns exemplos específicos de brinquedos educativos? Bem, os blocos são uma ótima maneira para as crianças aprenderem sobre relações espaciais, conceitos matemáticos como números e formas e princípios básicos de engenharia. E bonecas ou figuras de ação podem promover a dramatização e a imaginação.

Claro, que é importante lembrar que nem todos os brinquedos são iguais. Alguns brinquedos são mais adequados para certas fases de desenvolvimento do que outros. Outra coisa a ter em consideração é se os brinquedos cabem nos interesses e preferências dos seus filhos. Portanto, quando comprar brinquedos para os seus filhos, lembre-se dos interesses deles e dos tipos de habilidades que está a tentar desenvolver.

Alguns grandes benefícios que advêm da aprendizagem através da brincadeira são:

Ajuda as crianças a interagir melhor com o que lhe está à volta.

Quando estão a brincar, estão constantemente a interagir com o próprio brinquedo ou com outras pessoas. Isto da-lhes a oportunidade de praticar habilidades sociais, como partilha e comunicação. Também os ajuda a entender as emoções – tanto as próprias quanto as dos outros.

As crianças exploram diferentes materiais e texturas.

Enquanto brincam, as crianças são expostas a diversos materiais, como madeira, plástico, tecido, etc. Isto ajuda-as a desenvolver o tato e ensina-lhes sobre o mundo à sua volta.

Fortalece os músculos e desenvolve a coordenação.

Brincar também dá às crianças a oportunidade de se movimentarem e usarem os seus músculos. Isto ajuda-os a desenvolver habilidades motoras grossas (grandes movimentos musculares) e habilidades motoras finas (pequenos movimentos musculares).

Melhora a memória e as habilidades de resolução de problemas.

Quebra-cabeças ou outros jogos que exijam que as crianças se lembrem do que viram ou fizeram ajudam a melhorar a memória. E, como mencionamos anteriormente, brincar também pode ajudar as crianças a aprender a resolver problemas de forma eficaz.

Considerações finais

Então, o que é que as crianças aprendem exatamente enquanto brincam com brinquedos? A resposta é: bastante! Desde habilidades sociais a causa e efeito, há muitos conceitos importantes que as crianças podem aprender durante as brincadeiras. Portanto, na próxima vez que for comprar brinquedos, lembre-se dos benefícios educacionais que eles oferecem. Com um pouco de consideração e planeamento, pode encontrar o brinquedo perfeito para ajudar os seus filhos a aprender e crescer! E para garantir que os seus filhos não perdem os seus brinquedos, certifique-se de que os identifica com etiquetas personalizadas da My Nametags!

Como ensinar às crianças um novo hobby ou desporto

This image has an empty alt attribute; its file name is atMbnyZ6zbUktcn8o4pTR3jz-PuOBcDHCGUNXg8SU9aw_hVgIOEaTCur4wljVBPhmzoS4YnXmVqP99VwlV0ghp_Wm8FXTH67Z_pgCdE6jSQY2U5-A8ZBufO6nFOyDIbcR5I30bn5
Photo by Markus Spiske on Unsplash

Guest post por Jordan Fuller

Os seus filhos querem aprender algo novo! Descobrir o papel que tem na aprendizagem das crianças de um novo hobby ou desporto pode ser complicado.

A maioria das crianças aprenderá melhor com um treinador especializado no desporto ou hobby escolhido. Mas algumas crianças (especialmente as mais tímidas) podem querer aprender os básicos em casa antes de serem colocadas numa situação de aprendizagem em grupo. Ou talvez escolham artes manuais, o que significa que provavelmente irão aprender em casa.

Seja qual for a atividade escolhida pelos seus filhos, o seu papel é importante. Eles valorizam a sua opinião, as suas sugestões e os seus elogios, por isso como decide participar no processo pode incentivar ou desencorajar os seus filhos.

Fica aqui o nosso conselho!

Pergunte-lhes a sua opinião

Só porque foi um super jogador de basquete na sua juventude, isso não significa que os seus filhos terão a mesma habilidade ou paixão.

O primeiro passo deve ser descobrir o que eles querem fazer! Talvez tenham um amigo que joga tênis e queiram experimentar também. Ou talvez adorem chutar a bola de futebol no quintal. Pode até ser que sejam um pouco tímidos e por isso prefiram um desporto individual como correr.

É essencial garantir que não os empurra acidentalmente para um desporto que você adora ou costumava adorar enquando criança mas que eles não tenham grande interesse. Peça a opinião deles e descubra o que realmente gostariam de fazer. Ficarão muito mais felizes por isso!

Faça com eles

Depois dos seus filhos decidirem que desporto ou hobby querem praticar, a melhor maneira de mostrar o seu apoio é praticar com ele! Obviamente, não queremos dizer literalmente juntar-se a eles em campo ou participar nos seus treinos de equipa.

Uma grande parte de mostrar o seu apoio é praticar com os seus filhos em casa. Peça-lhes que mostrem o que aprenderam, joguem com eles um pouco ou trabalhem em algo específico juntos. Lembre-se de primeiro verificar se os seus filhos querem fazer iss, não faça com que elee se sintam obrigados.

Aqui estão duas maneiras de participar na aprendizagem desportiva dos seus filhos.

Partilhe a sua paixão

Se os seus filhos escolhem um desporto que já adora ou que praticou enquando criança, partilhe o seu entusiasmo com eles!

É provável que eles se sintam ainda mais empolgados quando souberem que você também está entusiasmado. Isto pode ser um excelente momento para pais e filhos se unirem por um interesse mútuo.

Se tem um taco, uma luva, uma bola de basquete ou qualquer outro equipamento que ainda tenha desse tempo, passe para eles. Conte-lhes sobre os seus jogadores favoritos e pergunte sobre os deles. Assistam ao desporto na televisão juntos! Partilhar a emoção de um desporto é uma ótima maneira de manter os seus filhos interessados e garantir que continuem a divertir-se.

Lidere por exemplo

A maioria das crianças aprende ao fazer, não quando lhes dizem o que fazer. Pode envolver-se (em casa, não durante um treino de equipa) ao ajudar os seus filhos a praticar.

Se estão com dificuldade com algo específico, ponha de parte uma hora ou duas para lhes ajudar. Explique como, mas mostre-lhes também os movimentos. Faça com que copiem os seus movimentos e corrija-os gentilmente onde precisarem de ajuda.

Se os seus filhos praticarem um desporto com o qual você não está totalmente familiarizado, o YouTube é seu amigo! Pode assistir a alguns vídeos online e aprender a fazer o que estão a praticar. A partir daí, é mais fácil mostrar e trabalhar juntos.

Tenha um sistema de recompensas

Não é segredo nenhum que as crianças (ok, os humanos…) são motivadas pela ideia de uma recompensa. Quando se trata de desporto, muitas vezes a recompensa é ganhar um jogo ou marcar pontos. Ou , no caso de hobbies, a recompensa é o resultado, que pode ser uma coisa física ou aprender uma habilidade.

Pode aumentar ainda mais o entusiasmo por esta nova atividade ao adicionar o seu próprio sistema de recompensas. No entanto, certifique-se de que está a fazer isto para aumentar a emoção que os seus filhos já tem poelo seu desporto ou hobby, não para tentar criar entusiasmo onde não há. Se for esse o caso, os seus filhos precisam de estar a fazer outra coisa!

Por exemplo, pode configurar o seu próprio sistema de pontos onde dá pontos cada vez que os seus filhos marcam um golo/pontos, faz uma excelente recepção ou lançamento, ou mostra grande espírito desportivo.

Defina recompensas para diferentes metas, como atingir uma certa quantidade de pontos, e os seus filhos teram um incentivo extra para se esforçar ainda mais no desporto ou hobby que adoram!

Entusiasme-se

Vá aos jogos! Leve-os aos treinos. Pergunte como correu, do que estão a gostar. Entusiasme-se com o desporto escolhido pelos seus filhos. Se se sentirem apoiados, irão gostar muito mais.

Mas lembre-se, isto é sobre eles, não sobre você. Os seus filhos podem ser super talentosos com um taco na mão, mas se não quiserem estar lá, é o seu trabalho garantir que nunca se sintam forçados a isso.

Por isso, entusiasme-se com o que eles gostarem de fazer e mostre-lhes o seu apoio através dos aplausos, perguntas e elogios. Mas não fique tão excessivamente empolgado que eles sintam que não têm outra escolha a não ser continuar para que você fique feliz!

Conclusão

Lembre-se, mesmo que os seus filhos aprendam desporto com um treinador ou façam parte de uma equipa, isso não significa que deve ficar de fora.

Participar no processo de aprendizagem dos seus filhos de um novo hobby ou desporto pode ser extremamente gratificante, e é também uma oportunidade maravilhosa para pais e filhos conectarem sobre algo divertido e interessante.

Acima de tudo, é importante lembrar-se que é sobre as crianças. Embora apoio e entusiasmo seja extremamente importante, não há nada mais desconfortável (para espectadores e crianças) do que um pai excessivamente “treinador” a gritar com os seus filhos do lado de fora!

Dê-lhes espaço para fazer as suas coisas, seja no campo desportivo ou num hobby dentro de casa. E, se eles forem super talentosos ou apenas assim-assim, permita que se divirtam, aprendam e cresçam com a experiência.

Sobre o autor
Jordan Fuller joga golfe há décadas e partilha a sua paixão pelo jogo ao apoiar e ensinar jovens golfistas. Quando não está no campo, pode ser encontrado a pesquisar ou a escrever para o seu site, Golf Influence.

5 maneiras de renovar o seu guarda-roupa esta primavera

This image has an empty alt attribute; its file name is close-up-clothes-hanging-rack-1-1024x683.jpg

Guest post por Hannah Boothe

A moda de roupa, tal como as estações do ano, está sempre em fluxo. A maioria de nós quer parecer bem no verão, primavera, outono e inverno, o que inclui mudar algumas coisas nos nossos guarda-roupas de tempo em tempo. Com o início da primavera e o tempo a ficar mais quente, poderá sentir-se inspirada para fazer uma limpeza. Se chegou ao seu armário temos algumas ideias que podem ajudar a organizar a sua roupa e a roupa dos seus filhos. Manter um estilo elegante e atual é um passatempo caro, mas boa aparência com muito estilo não precisa ser. Desde reutilizar roupas vintage a adicionar extra personalidade com acessórios. Aqui estão alguns dos métodos mais eficazes para atualizar a sua roupa.

1. Faça uma auditoria de armário

Acenda a luz, abra a porta do armário e remova tudo, uma categoria de cada vez. Organize, limpe, livre-se de tudo do que já não gosta ou que nunca usa. Se a peça de roupa estiver desatualizada, fora de moda, ou o tamanho não for certo, remova-a imediatamente! Será que a única peça de roupa de que realmente gosta e se sente confortável em usar são as suas calças e t-shirts pretas? Se for esse o caso, pode precisar de ir às compras para escolher mais alguns itens!

2. Faça um inventário

Rependure toda a roupa; certifique-se de que as malhas sejam dobradas e mantidas em gavetas para evitar esticar. Considere o que está em falta que pode agora ser evidente; às vezes, a adição de apenas alguns itens novos pode melhorar significativamente a funcionalidade do seu guarda-roupa existente.

Decida que peças de roupa precisa de adquirir para melhorar a sua aparência. Pode ser tão simples quanto uma saia preta ou umas calças pretas. Pode querer adicionar um novo par de saltos, uma camisa branca simples, uma peça de joalheria diferente, uma mala nova ou um colete. Estes novos itens irão fornecer uma variedade maior de combinações para outfits com roupa que já tem.

3. Neutros são os seus melhores amigos

À medida que considera o seu guarda-roupa, comece a colecionar todas as peças em cores neutras e a coloca-las de lado; Ter estas roupas em cores neutras num só sítio irá ser super útel quando estiver a criar um ‘outfit’. Estas irão ser as cores ‘fundamentais’ do seu estilo e são ideais para amplificar um conjunto todo preto, por exemplo. Pode combinar estas cores neutras com aquele casaco vintage vermelho que está sempre a guardar ou aquelas botas de cowboy que não sabe como combinar.

4. Organize uma troca de roupas

Provavelmente o método mais divertido da nossa lista, uma troca de roupas é uma excelente maneira de se livrar do velho e dar espaço para o novo. Além disso, é o motivo ideal para passar uma tarde com os amigos. Pode escolher a maneira mais simples e passar uma hora a vasculhar o monte de roupa. Ou pode criar um evento à volta da troca ao incluir algumas bebidas, petiscos e um desfile de moda. E, ao fim do dia, a roupa que ninguém quiser podem ser doados.

5. Acessórios

Muitas vezes, tudo o que é necessário para dar vida nova a roupa mais velha é uma mudança de cenário. Com um par de sandálias e uma echarpe na cor da estação, aquele vestido preto perfeito para uma noite elegante pode ser igualmente perfeito numa festa de verão no jardim.

Malas, sapatos, echarpes e bijuteria são essenciais para apimentar e melhorar o seu visual, principalmente para quem já possui um armário cápsula. Com um guarda-roupa mais simples, não terá que se preocupar se os seus acessórios ficam bem ou combinam com a sua roupa.

Este simples método poderá ajuda-la a recuperar o entusiasmo por se vestir. Escolha um único item de destaque para cada conjunto. Uns brincos coloridos que adora ou um colar marcante irá revitalizar as suas roupas e evitar que se canse daquilo que tem.

Experimente compras em consignação

Embora não seja uma tendência nova, compras em consignação ganhou força nos últimos anos, à medida que os consumidores começaram a gravitar em direção às compras de segunda mão. É econômico, mais amigo do ambiente e pode inspirar a inovação do guarda-roupa.

A chave para o sucesso das compras em consignação é manter o foco e deliberar sobre o que realmente pretende comprar, em vez de se distrair com outros produtos apenas porque estão lá. Construir um armário cápsula é um processo que prioriza a utilidade, o conforto e a consideração.

Em vez de depender numa grande arrumação todos os anos, divide o seu guarda-roupa por categorias e dê atualizações mais pequenas mas mais regulares. Irá parecer mais elegante e organizada por consequência, mas também irá resultar em decisões de roupa mais educadas e sustentáveis ​​ao longo do tempo.

4 ideias para inspirar os seus filhos a ler na era digital

Guest post por Tracie Johnson

Se está preocupado que os seus filhos prefiram jogar video jogos ou navegar nas redes sociais do que pegar num livro, é hora de agir. Afinal, a leitura traz muitos benefícios, incluindo aumentar a imaginação, melhorar a concentração e exercitar o cérebro, entre outros. Aqui estão algumas maneiras de encorajar os seus filhos a lerem na era digital.

1. Ler pode ser divertido

Embora fazer com que as crianças entendam que a leitura pode ser divertida nem sempre seja fácil, pode ser feito. Por exemplo, pode usar fantoches coloridos para inspirar brincadeiras e engajamento. Outra ideia é fazer com que as crianças desenhem com lápis de cera, tinta ou lápis de cor sobre as histórias que lêem e exponho-las na parede para que todos os possam admirar. Pode também, comprar ou fazer um disfarce de personagens de livros favoritos para os seus filhos usarem no Halloween ou Carnaval.

Outra alternativa, poderá ser fazer uma festa dedicada a um livro que eles adorem, convide os amigos deles e peça que venham todos vestidos como as personagens desse livro. Crie um espaço de leitura, especialmente para crianças mais novas. Pode decorá-lo com personagens dos livros favoritos, tintas coloridas, móveis extravagantes e muito mais. Por outro lado, pode ser mais simples, tenha apenas uma cadeira de leitura confortável no quarto do seu filho ou noutro lugar designado.

2. Encontre livros emocionantes

Pode encontrar muitos livros infantis interessantes em bibliotecas, livrarias ou online. Por exemplo, existem livros sobre anatomia para crianças. As crianças podem aprender sobre o corpo humano, ciência e muito mais. Desenvolver um amor pela anatomia desde cedo pode até inspirar os jovens a sonhar em se tornarem médicos, enfermeiros ou qualquer outra coisa. Dragões, unicórnios, heróis da vida real como bombeiros, fadas e muito mais também dão assas a imaginação. 

Claro, quase nada pode ser mais satisfatório do que dar uma boa risada às custas de um personagem. Certifique-se de que presta atenção ao livros que os seus filhos gostam para que possa escolher esses tipos de livros da próxima vez. Pode descobrir imensas leituras econômicas ou gratuitas ao pesquisar online, em lojas de segunda mão ou em vários outros lugares, basta procurar!

3. Leia um livro por dia

Comprometer-se a ler um livro por dia pode ajudar a tornar os livros mais memoráveis ​​na infância dos seus filhos. Se os seu filhos não tiverem vontade de ler durante o dia, tente ler um livro em voz alta antes de dormir. Ler em voz alta para as crianças promove o desenvolvimento saudável do cérebro, estimula conexões emocionais mais fortes, motiva o amor pela leitura, melhora as habilidades de escuta e linguagem e cria laços mais fortes entre pais e filhos. Você e os seus filhos podem até sentir conforto ​​ao fazer uma atividade familiar todos os dias. Ao concentrar-se numa ótima história pode até ajudá-lo a esquecer os seus problemas por algum tempo.

4. Torne os livros acessíveis

Se os seus filhos não tiverem livros à sua volta, torna-se ainda mais difícil encontrar um que quer ler. Pode facilitar ao ter uma estante de livros em sua casa com livros interessantes e que acha que eles vão gostar. As estantes infantis podem ser extremamente esteticamente agradáveis ​​e vêm em cores, desenhos e formas variadas.

Além disso, pode ter sempre um livro na mesa de cabeceira para o lembar de ler antes de dormir. Pode até ser que os seus filhos comecem a abrir os livros de manhã para ler antes do pequeno almoço. Outra opção é dar às crianças um computador portátil ou tablet para fazerem download de livros digitais. A Amazon, por exemplo têm apps disponíveis para leitura em trânsito ou até mesmo em casa. Estes apps tornam a leitura mais acessível do que nunca. 

Embora o uso da tecnologia possa ser muito divertido, esta não é a atividade mais saudável para as crianças. Em vez disso, é importante ensinar aos jovens o valor de fazer atividades significativas que agreguem valor à vida de uma pessoa. De fato, as crianças que lêem podem ser mais felizes e saudáveis ​​agora e no futuro, do que aquelas que não lêem.

Bem-vindo, Autocolantes de Porta!

Quando se é criança, ter um quarto que se gosta e que se sente como o seu espaço é importante. No entanto, personalizar um quarto pode parecer ser uma tarefa gigante, demorada e cara. Mas não tem que ser, pode ser algo incrivelmente simples e rápido! Se está conosco há algum tempo, já sabe disto: com os nossos autocolantes de parede, é possível dar aos quartos dos seus filhos uma decoração nova rapidamente. Agora pode transformar a entrada do quarto também!

Assim como os nossos autocolantes de parede, os nossos autocolantes de porta são adesivos e, portanto, fáceis de aplicar, reposicionar e remover. Em minutos, uma porta velha, aborrecida ou um pouco gasta ganha uma vida nova.

Os conjuntos de autocolantes de portas são compostos de 7 a 15 autocolantes (dependendo do tema). Estes autocolantes vêm com uma banner com um texto personalizado, um ícone principal e vários pequenos elementos decorativos dentro do tema que escolheu.

Os seus filhos vão adorar ter uma entrada especial para o seu quarto com os nossos novos autocolantes de porta!

Temos os temas mais fofos disponíveis para os seus filhos escolherem. Eles poderam querer uma porta que os lembres de colocar os seus capacetes de segurança antes de entrar no quarto. Ou talvez queiram uma porta que seja um convite para ir numa aventura ou um passeio tranquilo pela floresta, ou talvez a passagem para uma terra encantada e mágica.

O que quer que eles escolham, seja uma entrada para o infinito (e além!), a porta de um castelo ou um corredor para um campo de basquete, uma coisa é certa – será uma entrada emocionante para o quarto deles!

E em breve terá outro produto novo para adicionar ao quarto dos seus filhos – aqui está uma pista: é muito alto…

Ter filhos em 2021 através de images

A My Nametags deseja-lhe um feliz ano novo! Não foi apenas mais um ano que passou, mas mais um ano como pais – não apenas mais um ano como pais, mais um ano como pais durante uma pandemia! Viver a vida em modo difícil é desafiador, mas também está cheio de momentos engraçados e felizes. Por isso, para dar um novo, mais engraçado toque aos tempos difíceis, queriamos partilhar consigo os nossos memes favoritos da vida parental de 2021. As imagens que descrevem perfeitamente a alegria, o medo, a felicidade e o caos que ter filhos traz …

2021 começou e acabou da mesma maneira:

Houve avisos que foram ignorados

Pedidos que foram quase ignorados…

Conselhos dados, mesmo sem serem solicitados

Momentos de liberdade aproveitados

Momentos de sufocação também…

Tentativas de organização

Tentativas de esperimentar um novo look

Tentativas de ter um momento em paz

Mas pelo menos conseguiu aproveitar as pequenas coisas ao final do dia

E as crianças são muito queridas

À felicidade de fazer tudo de novo este ano – concentre-se nos sorrisos e risadas mais do que nas birras e bagunças e ficará tudo bem!

Stay strong Memes

Ideias para conectar remotamente este Natal

O Natal está aqui! E com ele toda a luz, sorrisos e comida que a época festiva traz. No entanto, uma coisa que poderá infelizmente faltar este ano será as festas, a casa cheia com tias, tios e primos e todos aqueles abraços apertadinhos. Isto não significa necessariamente que não possa aproveitar a companhia das pessoas que não pode ver pessoalmente, mesmo que tenha de encontrar maneiras diferentes de o fazer acontecer. Aqui estão algumas ideias para conectar com amigos e familiares que talvez não consiga ver cara-a-cara:

Faça uma sessão de barro

Conversas no zoom são um pouco menos naturais, especialmente com membros da família com quem não conversa com frequência. Por isso por que não torná-lo numa atividade? Compre barro, ligue o zoom e comece a criar! Isto não só será divertido, mas também irá permitir que haja silêncios e pausas na conversa que, de outra forma, seriam um pouco desconfortáveis. E, se você for particularmente talentoso, pode até acabar a dia com um vaso de plantas ou um anel de guardanapo novo!

Vejam um filme juntos

Hoje em dia, não estar na mesma sala não significa que não possa ver o mesmo filme, exactamente ao mesmo tempo! Já ouviu falar na teleparty? É um programa que sincroniza a reprodução de filmes com vários aparelhos e tem também um chat de grupo para aquelas pessoas que adoram conversar durante os filmes! Se realmente quiser, pode até estar ao telefone com a pessoa com quem está a ver o filme, mas recomendamos que desligue o microfone quando não estiver a falar, para não ouvir os dois dispositivos ao mesmo tempo. Irá ser como se estivessem na mesma sala, quase que conseguira cheirar as pipocas a vir da casa deles!

Tenha uma festa de degustação

Compre uma daquelas tábuas de queijos variados, caixas de chocolates sortidos ou o que lhe apetecer petiscar. Nem precisa de comer a mesma coisa que a outra pessoa – desde que ambos tenham algo para comer ou beber! Depois, podem falar sobre os sabores que estão a experimentar e pesquisar fatos sobre como é feito ou de onde originou. Pode não parecer muito interessante, mas será muito educacional, além de ser uma ótima maneira de meter a conversa em dia sem sentir que vai ficar sem o que dizer. Poderá até encerrar o serão com um quiz sobre todas as coisas que aprendeu.

Envie um postal

Já alguma vez recebeu um dos desenhos do seu filho / sobrinho / neto pelo correiro? Alegra o dia de qualquer pessoa! Escrever uma pequena mensagem a dizer às pessoas o que tem feito, como está ou apenas a dizer que pensa nelas pode ter imenso significado. Às vezes esquecemos-nos de como é bom receber um postal ou carta, porque nos habituamos a poder enviar algo por messagem e ter a pessoa ler naquele mesmo minuto, mas há algo a ser dito sobre as coisas escritas à mão e manuseadas com cuidado e carinho.

Converse ao telefone

Às vezes não é preciso ser algo muito elaborado, basta por de parte uma hora ou duas para meter a conversa em dia. Tal como faz quando vai tomar café, conversar ao telefone às vezes também exige o mesmo planeamento. E, se não conseguir arranjar tempo pode sempre ligar enquanto estiver a fazer alguma tarefa que não requeira muito atenção. Pode ser ótimo ter a companhia de alguem enquanto dobra roupa, cozinha ou mesmo enquanto está a fazer um puzzle. Muitas vezes, as pessoas só querem sentir a sua presença e ouvir a sua voz, pode ser tão simples quanto isso para conectar com alguém!

5 Dicas Para Mudar de Casa de Forma Organizada

Guest post por Marco Rola

Poucos eventos na nossa vida possuem o potencial de nos deixarem à beira de um ataque de nervos. A mudança para uma nova casa é seguramente um desses.

Por um lado, deve ser um momento de imensurável alegria, repleta de emoções fortes. Por outro, deve ser encarada com um sentido de organização apropriado de forma a tornar o processo o mais suave possível.

Partilhamos consigo algumas das nossas principais sugestões para efetuar uma mudança de forma organizada para que, num abrir e fechar de olhos, esteja a desfrutar da sua nova casa.

Prioridades ao Empacotar

Por onde começar? Assumindo que o processo se desenrola ao longo de largos dias ou semanas, o ideal é optar por arrumar os artigos que menos utiliza primeiro.

Aquela roupa fora de estação, as dezenas de tupperwares ou artigos que tem arrumados na arrecadação dão excelentes candidatos para a linha da frente.

Comece por identificar tudo aquilo que não lhe fará falta durante os próximos dias ou semanas e empacote-os atempadamente.

A Identificação Importa

Desde que somos pequenos sabemos o quão importante é identificar as nossas coisas – lembra-se de todo o material escolar e roupa que perdeu enquanto crianca?! O mesmo tem tendência a acontecer quando tem imesas coisas para organizar na sua mudança. Mesmo que tenha uma memória fotográfica, uma pilha de caixotes e sacos não lhe vão dizer onde está determinado artigo.

O ideal é garantir que tudo está identificado com uma etiqueta para poder poupar tempo e energia ao instalar-se numa nova casa. Não há nada de agradável em enfrentar várias caixas em busca de determinado artigo que teima em não aparecer.

Um Destino Aos Artigos Que Já Não Quer

Se tiver tempo em abundância, o ideal é identificar todos os artigos que não terão lugar na nova casa antes de proceder à mudança final.

Entre anúncios online, preços simbólicos e especialmente donativos a associações, seguramente encontrará um destino digno aos objetos que lhe serviram até aqui.

Se há algo que a economia circular nos ensina é que muito daquilo que não queremos serve a alguém. Assim, estará a aligeirar a sua mudança enquanto ajuda alguém a ter um dia melhor.

Pedir Uma Mão

Na realidade, bem mais que uma. Os verdadeiros amigos e a família próxima estarão seguramente felizes por si. Não tem necessariamente de pedir à avó para ajudar a carregar o sofá, mas caso tenha filhos ou animais de estimação, ter alguém de confiança que olhe por eles já ajuda imenso.

Não negue esse auxílio vital se alguém se propuser a ajudar a empacotar ou transportar os seus artigos. Pode sempre compensá-los com uma receita fantástica num generoso jantar para a estreia da nova casa!

A Gestão Burocrática

Atempadamente, liste todas as entidades comerciais, financeiras e do estado que enviam documentação pelo correio.

Podemos estar a falar do seu banco, seguradora, empresas de fornecimento de eletricidade, água ou gás, bem como da autoridade tributária. O processo de transição tende a ser mais moroso em alguns destes, pelo que a melhor abordagem é planear com a devida antecedência.

Com algumas destas sugestões, o processo de mudança poderá ser mais suave do que antecipa. Ainda que os imponderáveis surjam e por natureza este seja um momento repleto de caos, um planeamento atempado é o ponto fulcral para levar tudo a bom porto. Se tudo falhar e a organização não seja o seu forte, nada como confiar o processo a um serviço profissional de mudanças. É certo que continuará a ter de participar do processo, mas beneficiará de toda uma dinâmica

5 benefícios de organizar a sua mente e a sua casa

Guest post por Becca Myers

Está pronto para organizar a sua vida? Um passo importante a fazer se quiser sentir-se, pensar e agir melhor. O peso que a desordem pode estar a causar pode ser tanta que já nem se apercebe de com afeta a sua vida. Aqui estão os 5 principais benefícios de organizar a sua casa, mente e vida.

1. A organização pode ajudá-la a lidar com a depressão

De acordo com muitos especialistas em psicologia, uma casa desorganizada deve ser levada a sério. Muitas vezes, uma casa caótica, quer dizer que a sua mente e a sua vida também estão numa confusão. Uma das melhores coisas que pode fazer é implementar uma série de mudanças que lhe iram ajudar a organizar-se. Para além de uma casa arrumada irá ficar com a sensação de missão cumprida o que irá certamente melhor a sua disposição.

Viver no meio de coisas que ainda não foram arrumadas, deitadas fora ou que tem que ser feitas pode estar a pesar na sua mente. Ao remover estas coisas da sua casa e da sua vida irá proporcionar-lhe uma sensação de paz e ajudá-la a sentir-se em controlo da sua vida.

2. Ter as coisas organizadas pode ajudá-la a dormir melhor

Outro grande benefício que pode advir da organização do seu espaço é um ciclo de sono melhor. Encarar a desordem na sua casa irá ajuda-lá a sentir-se mais livre e mais em controlo o que irá fazer com que consiga dormir melhor.

3. Organizar ajuda a livrar-se de alérgenos

A higiene da sua casa é uma coisa que deve ser levada muito a sério. Uma das coisas mais importantes com que lhe pode ajudar é eliminar os alérgenos da sua casa. Estes podem estar a fazer-la, espirrar e a causar congestionamento nasal, o que irá fazer com que a sua disposição fique mais baixa.

É sempre uma boa ideia livrar-se de lugares onde pó, ácaros, bactérias, pólen e outros alérgenos se podem facilmente acumular. Ter a sua casa limpa será algo positivo tanto para a sua saúde física como mental. Para além disso irá fazer um pouco de exercício ao mover a mobília e a limpar o que também irá ajudar a melhorar a sua disposição.

4. Cria um ambiente positivo

Os seus pertences devem ter o seu lugar, onde sabe que vão sempre estar e que seja facilmente acessível. Nunca deve sentir-se ansiosa por não saber onde deixou as chaves do carro ou outra coisa que precisa no momento. Não ter que pensar duas vezes quando precisar destas coisas irá criar um ambeinte mais feliz e mais produtivo.

5. Organizar faz-lhe fazer exercício

Quando foi a última vez em que fez uma boa limpeza de primavera a sua casa? Ainda não teve a oportunidade ou a motivação? Parte da sensação de desânimo que esta a sentir pode vir da sua inatividade. A sala está super desarrumada e você precisa de alongar um pouco. Por que não fazer os dois ao mesmo tempo? Fazer algo que a faz mexer é uma ótima maneira de fazer com que as suas endorfinas fluam mais uma vez.

Organize a sua vida para recuperar a sua perspectiva

Uma casa e mente mais organizada irá ter muitos benefícios no seu dia-a-dia. Vai-se sentir mais calma, mais em controlo e conseguir ver as coisas numa nova perspectiva. Do que está a espera?

O porquê das etiquetas personalizadas serem um must-have para a escola

Identificar as coisas dos seus filhos para a escola sempre foi importante. Um estudo que fizemos o ano passado descobriu que em média uma criança perde permanentemente 9 objetos por ano escolar. Se pensarmos em cerca de 10 milhões de crianças de idade escolar, são 90 milhões de itens perdidos cada ano! Isto não só tem um impacto negativo no ambiente, mas é também uma preocupação financeira para os pais que têm de comprar objetos para substituir coisas que já compraram antes! Se é um desses pais, certamente vai querer continuar a ler. Iremos aqui explorar as razões pelas quais etiquetas personalizadas são essenciais para a escola.

Custo

Objetos perdidos são um grande problema nas escolas, e tem sido por muito tempo, as crianças perdem coisas, é natural, mas e se essas coisas perdidas fossem devolvidos às crianças? Não seria ótimo? Em média, os pais gastam quase 2500€ a substituir coisas perdidas ao longo da vida escolar de uma criança. Isto é uma grande despesa acrescentada aos custos escolares já existentes. Uma etiqueta personalizada ajudará a garantir que as coisas das crianças cheguem a casa. As nossas etiquetas têm espaço para 3 linhas de texto para que o nome da criança, a turma e o número de telefone dos pais possam ser adicionados à etiqueta, aumentando significativamente a probabilidade de esse objeto ser devolvido ao seu dono.

Segurança

Agora, como nunca antes, estamos mais conscientes da facilidade em que os germes se propagam de um objeto para o outro. Quando pensamos em todas as coisas em que as criança tocam na escola, pode-se imaginar o quão facilmente isto acontece. Ter uma etiqueta personalizada em todo o material escolar dos seus filhos significa que os mesmos serão facilmente capazes de identificar as suas próprias coisas e irá ajudá-los a não tocar nas coisas de outras pessoas.

Desperdício

Objetos que não são recuperados da caixa de propriedade perdida da escola acabam por ser desperdiçados, o que sabemos ter um impacto severo no meio ambiente. A acrecentar a isso a repetida compra de mais coisas para substituir o que foi perdido, desperdiça-se também os recursos usados ​​para produzir cada uma dessas coisas. Podemos ajudar a reduzir a quantidade de propriedade perdida que vai para o lixo ao adicionar uma etiqueta de nome personalizada a estes objetos. Quando as coisas são identificadas, é muito mais provável que sejam devolvidas aos seus proprietários.

As crianças podem criar as suas próprias etiquetas

As crianças têm a liberdade de criar uma etiqueta que seja unicamente para elas e ao seu estilo. Orgulhamos-nos em ter milhares de combinações de
designs para escolher com todo o tipo de ícones – de unicórnios e fadas a tratores e bolas de futebol – bem como diferentes fundos, fontes e cores de fontes, a escolha é infinita! Irá certamente conseguir criar uma etiqueta que os seus filhos não só iram adorar, mas que também irá ajudar a garantir que as suas coisas voltem para casa. E as etiquetas são tão fáceis e rápidas de aplicar!

Para criar etiquetas personalizadas escolares para os seus filhos, visite o nosso site.

E claro, não se esqueça de seguir a My Nametags nas redes sociais para estar a par das últimas novidades, competições e muito mais.